recuperar password
bool(true)

Nós não somos apenas aquilo que mostramos

Tal reflexão surgiu-me no outro dia, quando me pus a analisar a imagem que eu poderia estar a passar a terceiros. Apercebi-me que tinham de mim uma imagem de pessoa fútil, desconhecendo que eu tenha tirado um curso superior e um MBA… E conclui, não somos só aquilo que projectamos aos outros. Aquilo que postamos no Facebook ou noutras redes sociais, é uma ínfima parte do que realmente somos. Não me podem “reduzir” a apenas um folião, uma pessoa que se gosta de divertir, porque, por norma, são as imagens de felicidade aquelas que mais gostamos de partilhar… E eu não sou exceção! 

A impressão que têm de nós, ainda mais em tempos de proliferação de redes sociais, resume-se a que as pessoas falem ou pensem mais mal do que bem. Claro que também elogiam com frequência, porém e infelizmente, existe aquela tendência em recordar mais das coisas negativas… Tenham em atenção que o facto de alguém se ocupar da vida alheia e praticar a maledicência pode ser uma forma de ser aceite num circulo social ou de se inserir num determinado grupo. Só que isso acontece de maneira ainda mais exacerbada com aqueles que levam uma vida vazia, sem sentido. Porque, quanto mais frágeis nos sentimos, mais precisamos de nos defender, e falar mal dos outros é uma forma de defesa. Infelizmente para muitos…Por outro lado, o acompanhamento passivo de fotografias positivas e de momentos de felicidade no Facebook pode levar a estados de inveja e ressentimento em muitos seguidores. E ainda pior do que isto, é o efeito das imagens no Instagram. As fotos de férias publicadas, sobretudo nesta rede, são o principal motivo de cobiça. “Eles são mais felizes e têm melhores vidas do que eu” é o sentimento que, sem querer, podemos estar a causar. Por isso, temos de ter algum cuidado, pois o impacto do uso do Facebook na perceção que os outros podem ter de nós pode ser redutor e até difamador.

A visão que temos de alguém é sempre limitada, sem sombra de dúvida. Por essa razão, nenhum “julgamento” deveria ser definitivo…E se aquilo que nós mostramos aos outros é apenas uma pequena parte do que realmente somos, o facto pouco importa. Porque quem nos quiser conhecer melhor tem bom remédio!

Partilhe este artigo com os seus amigos!

Top Supa

As Mais Recentes

Para mais informações, parcerias, entrevistas, contacto com os bloggers ou colaborações, enviar email para info@supa-world.com
Supa 2014 | Copyright © . Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte de qualquer conteúdo deste site.